A estréia da marca mostra que as coleções da Beira são desenvolvidas seguindo um princípio de continuidade, onde uma coleção dá sequência à outra. A venda exclusivamente na PAIR, a coleção expandi a partir de um mesmo conceito, cada novo modelo e cor dão continuidade ao que foi lançado anteriormente.

A busca por tecidos de alta qualidade se repete em todas as coleções. Predomina a escolha por fibras naturais, 100% seda ou 100% algodão, com fornecedores, principalmente, nacionais.

A pesquisa por diferente texturas, fibras e cores faz parte do processo cotidiano de desenvolvimento das peças. Nessa estação, a Beira introduziu um jeans de algodão, PET e seda ecológica com tecelagem artesanal produzida com processos de reaproveitamento de casulos de bicho-da-seda rejeitados. Além disso, na coleção AW18, se alternam peças tingidas artesanalmente, com extratos vegetais e estamparia em técnica Shibori, e outras coloridas em processo tradicional.

As modelagens nascem de investigações ligadas às funcionalidades , falam de volume e construção, equilibrando formas tradicionais com detalhes minuciosos. As peças são feitas para serem usadas tanto por homens quanto por mulheres. Por isso, a Beira pode se considerar feminina e masculina. Mas acredita que estamos caminhando para além desta definição, num movimento de aproveitar a versatilidade das criações.

“Assim funcionamos: com uma equipe pequena, coleções lançadas duas vezes ao ano e produtos criados tanto para homens quanto para mulheres, com peças que buscam dar seguimento a um movimento crescente, criando diálogos entre coleções.”Lívia Cunha Campos.

Matérias primas: Jeans (40% pet, 30% seda, 30% algodão), 100% seda, 100% algodão

Cartela de cores: Vermelho, marrom e lilás. Cores feitas através de tingimento tradicional ou artesanal com extrato vegetal e técnica de amarração shibori.

Ficha técnica:
Direção criativa: Lívia Cunha Campos
Trilha sonora: Dedo
Produção executiva: Maga Mitchell e Gabriela Palumbo
Styling: Isadora Gallas
Beleza: Dindi Hojah
Direção de comunicação: Karina Mota

Deixe uma resposta