Depois de fazer uma viagem ao passado em Yasuke – coleção de estreia na SPFW, reviver as raízes e reconhecer o presente valorizando sua Herança, a LAB agora alça novos voos com a coleção Avuá, apresentada na noite desta terça-feira (29) na SPFWn44.

“O voo tem essa sensação extrema de liberdade. De tocar o céu, estar perto dele. Voar como o pássaro”, conta Emicida, que nesta edição assina a direção criativa ao lado de seu irmão Evandro Fióti, juntamente com o designer da marca, André Juventil. Signos do pássaro simbolizam diferentes momentos do Laboratório Fantasma ou mesmo da vida dos irmãos. A pena, por exemplo, foi o primeiro instrumento utilizado para a escrita e está relacionada à habilidade da composição. “Foi a partir da escrita e das rimas que vieram as músicas – e então, o Laboratório Fantasma”, completa.

Dividida em três pilares – escrita, canto e voo -, a coleção revive o início da carreira dos irmãos que escreveram suas músicas, cantaram e, a partir daí, alçaram novos voos para outras possibilidades – e hoje estão também consolidados no cenário da moda. Além disso, o voo também está relacionado ao sonho e à capacidade de influenciar pessoas, assim como as letras de suas músicas, que reacendem em seu público a importância de acreditar. De voar.

O conceito de Avuá pode ser percebido nas peças, que têm nos tecidos o princípio da leveza. Nylon, malha e sarja compõem as diferentes camisetas, bermudas, vestidos, saias e jaquetas que vão dos conjuntos de moletinho aos casacos corta-vento, com destaque para a silhueta oversized, que sempre fez parte do universo do hip hop e está presente na grande maioria das peças. Na cartela de cores, tons claros do azul – até chegar ao marinho, passando pelo cinza e flertando com o alaranjado do entardecer traduzem os diferentes momentos do céu.

Já as estampas contemplam pássaros, penas, letreiros, logos e manuscritos em diferentes designs e cores, acrescentando vida à coleção. Ubuntu e LAB são alguns dos logos que ganham releituras a cada nova coleção, sempre os contextualizando ao novo momento da marca. Outra estampa de destaque é a do galo cantando, o qual também é uma ave e traz a metáfora do mensageiro do amanhã – o qual canta e desperta o mundo para um novo dia, que é uma nova chance. “Com o Laboratório Fantasma também é assim. Através do canto trazemos uma nova oportunidade de tentar recomeçar”, completa Emicida.

“Apostamos no mesmo propósito das nossas músicas. Queremos que as pessoas tenham um momento para se desconectar do dia a dia e celebrar conosco esse novo passo que a marca dá no cenário da moda brasileira. Acredito que moda e música têm um papel fundamental para manter a nossa esperança em um recomeço – principalmente levando-se em conta o cenário político, social e econômico atual. Temos certeza de que muitos se identificarão com a mensagem que queremos passar por meio do desfile”, acrescenta Fióti.

Nesta edição a marca contou ainda com o styling de Paulo Martinez e trouxe novidades nos acessórios, como a bolsa no modelo carteiro, brincos e colares da Dryca Ryzzo Design e, nas passarelas, pochetes da marca Agora Que Sou Rica, produzidas especialmente para o desfile pela empresária Jana Rosa.

Os tênis seguem assinados pela Nike que trouxe dois modelos icônicos à passarela: o Air Max 97 Ultra e o Air Force 1. O primeiro é uma releitura do modelo cuja sola apresenta uma unidade Air totalmente visível. Enquanto o segundo representa um clássico das quadras de basquete que dominou as ruas. Já a beleza, conta com patrocínio da Natura, que junto de seu maquiador oficial, Marcos Costa, reforça o conceito da coleção por meio da linha Faces, ação que integra o movimento #todabelezapodeser. Para essa edição, a Vicunha Têxtil apoia o desfile com Ypoá, Technosport, Tech Ripell e Denim.

Tecidos: Meia Malha, Malha Jeans Raissa, Moletinho, Sarja Ypoá, Sarja Comaneci, Technosport, Tech Ripell e Denim

Cores:  Azul Marinho, Azul Claro, Cinza Mescla, Branco, Sisal e Dourado.

A coleção Avuá estará disponível para pré-venda a partir de setembro no e-commerce: laboratoriofantasma.com. Além disso, a LAB segue com grade de tamanhos estendida ​em alguns modelos atendendo de 36 a 58 e com mais de 30 opções de peças comerciais.

Ficha técnica:
Coordenação geral:  Emicida e Evandro Fióti
Direção de criação: Emicida
Direção de arte: André Juventil
Ilustrações: André Juventil
Coordenação de coleção: Marina Santa Helena
Gerente de confecção: Daniela Gabriel
Assistente: Elimar Santos
Stylist: Paulo Martinez
Beleza: Marcos Costa com produtos Natura Faces
Calçados: Nike AF1
Acessórios: Dryca Ryzzo e Agora Que Sou Rica
Trilha: Emicida e DJ Duh
Participações especiais: Rael, Fióti, Drik Barbosa, Kamau e Coruja BC1
Produção desfile: Raissa Fumagalli
Assistentes: Vanildo Ricardo e Alexandre Ribeiro
Marketing e comunicação: Karen Cavalcanti
Assistentes: Marina S. Clara e Pamella Souza

Fotos do desfile:

LAB
SPFW N44
Verão / 2018
foto: Ze Takahashi / FOTOSITE

LAB
SPFW N44
Verão / 2018
foto: Ze Takahashi / FOTOSITE
LAB
SPFW N44
Verão / 2018
foto: Ze Takahashi / FOTOSITE
LAB
SPFW N44
Verão / 2018
foto: Ze Takahashi / FOTOSITE

LAB
SPFW N44
Verão / 2018
foto: Ze Takahashi / FOTOSITE

LAB
SPFW N44
Verão / 2018
foto: Ze Takahashi / FOTOSITE
LAB
SPFW N44
Verão / 2018
foto: Ze Takahashi / FOTOSITE

LAB
SPFW N44
Verão / 2018
foto: Ze Takahashi / FOTOSITE

LAB
SPFW N44
Verão / 2018
foto: Ze Takahashi / FOTOSITE

LAB
SPFW N44
Verão / 2018
foto: Ze Takahashi / FOTOSITE
LAB
SPFW N44
Verão / 2018
foto: Ze Takahashi / FOTOSITE

LAB
SPFW N44
Verão / 2018
foto: Ze Takahashi / FOTOSITE

LAB
SPFW N44
Verão / 2018
foto: Ze Takahashi / FOTOSITE
LAB
SPFW N44
Verão / 2018
foto: Ze Takahashi / FOTOSITE
LAB
SPFW N44
Verão / 2018
foto: Ze Takahashi / FOTOSITE
LAB
SPFW N44
Verão / 2018
foto: Ze Takahashi / FOTOSITE
LAB
SPFW N44
Verão / 2018
foto: Ze Takahashi / FOTOSITE
LAB
SPFW N44
Verão / 2018
foto: Ze Takahashi / FOTOSITE
LAB
SPFW N44
Verão / 2018
foto: Ze Takahashi / FOTOSITE

Fotos do backstage:

Deixe uma resposta