Vitrine: essencial, segundo os especialistas em Moda!

0
755

Sábado é dia de descanso? Não! É dia de aprender!

À convite da equipe do Shopping Vila Olímpia, a equipe do site Osasco Fashion esteve presente na palestra sobre Visual Merchandising ministrada por Armando Costa, do Instituto Marangoni. A palestra aconteceu algumas horas antes de se iniciar o Chilli Beans Fashion Cruise. O Instituto é um dos parceiros da empreitada e ministrará workshops sobre Moda em alto mar.

O Instituto Marangoni foi fundado em 1935 em Milão e é uma das mais renomadas escolas de moda e design do mundo. Atualmente, está presente nas maiores capitais da moda do mundo como Paris, Londres e Shangai. Reconhecida por formar estilistas como Franco Moschino e Domenico Dolce (Dolce & Gabbana), esta é sua primeira vez no Brasil trazendo profissionais do mercado mundial com o objetivo de transferir experiência aos participantes do evento e oferecer à eles um certificado internacional da instituição.

Segundo Ottavio Gallone, diretor de marketing da instituição, o Marangoni está sempre pesquisando novos lugares para abrir unidades do Instituto e, atualmente, a pesquisa está voltada para países emergentes. O Brasil é um dos destinos estudados no momento.

A palestra de Armando Costa

Armando Costa é um jovem profissional, mas já integra o círculo de contratação de grandes marcas. Com pouco tempo para falar, Armando deu uma pincelada nos elementos mais importantes a serem observados quando o assunto é VM (Visual Merchandising).

Já é sabido, mas é sempre bom lembrar que o VM é um conjunto de ações feitas nos pontos-de-venda que impulsionam as compras do cliente. Ele é composto por itens que vão além do vitrinismo, como a ambientação da loja, a localização dos vendedores e dos caixas bem como o cheiro e o som do espaço. Sim, o VM trabalha todos estes elementos em conjunto, criando ações para estimular a compra.

Armando começa falando sobre o elemento mais importante do Visual Merchandising: a vitrine. Negligenciada por muitos empresários e lojistas, a vitrine deve expressar o espírito da marca (ou da empresa) e ser a porta de entrada ou o convite para o interior da loja. Não há uma regra definida se é bom colocar muitos produtos na vitrine ou o oposto (colocar apenas produtos-chave da coleção), depende do objetivo da vitrine naquele momento. Ah, isto é muito importante: a vitrine deve ser mudada constantemente (a cada semana, a cada quinzena… depende de cada loja). Armando frisa outra coisa importante: “a clientela é orgânica e, por mais que se faça pesquisa, é importante montar a vitrine e dia-a-dia ir fazendo um acompanhamento. Se a vitrine colocada no momento não estiver dando resultados, é bom fazer alterações rapidamente”, ele diz. E você, quando trocou a vitrine da sua loja pela última vez?

Armando apontou que as falhas mais comuns ocorrem quando se quer mostrar tudo o que a loja tem numa única vitrine, sem focar um objetivo principal. “Em determinadas semanas, pode se dar destaque a um modelo de bolsa e criar uma ambientação ao redor dela que cause curiosidade. Já em outras semanas, talvez seja bom focar num calçado e, por que não, mostrar variações do mesmo modelo na vitrine”. Armando mostra exemplos de vitrines de marcas famosas que usam seus próprios produtos para criar cenários lúdicos. Em uma das imagens, as malas da Louis Vuitton são empilhadas e formam o shape da Torre Eiffel, de Paris.

“Ah, mas Louis Vuitton é Louis Vuitton, está tão longe da minha realidade”, talvez você pense. Será?

É comum andarmos por ruas de grande movimento em Osasco, como a Rua Antônio Agú, e observar lojas que, na “sede” de conquistarem clientes, expõem todos os produtos da loja na vitrine, criando uma overdose e deixando o cliente confuso. O cliente, ao invés de ver tudo, acaba focando em nada. E passa batido pela loja porque seu olhar fica cansado. Por que não, a cada semana, dar enfoque a um produto e brincar com suas variantes de cores, por exemplo? Em uma semana, o foco pode ser saias. Na semana seguinte, jaquetas, e assim por diante.

Não importa qual o produto e qual o estilo da loja. A vitrine deve seguir sempre 3 princípios: clareza, facilidade de entendimento e simplicidade. Na vitrine, menos é mais. Mas, lembre-se: simplicidade não é sinônimo de “empobrecimento” nem de falta de criatividade. Ao contrário. A criatividade ajuda muito a superar a barreira financeira e a fazer bons projetos.

Cores

Outro elemento destacado na palestra de Armando Costa foi a cor. Há centenas de estudos que comprovam que as cores transmitem informações importantes ao cérebro. Isto acontece sempre, quer você esteja consciente disto ou não.

O vermelho é a cor da excitação, do calor e da alegria. Sendo assim, se sua coleção tem foco nestes itens, o vermelho é a cor mais indicada para a sua vitrine. Algumas marcas mais conceituais as vezes montam vitrines inteiras com a mesma cor. Mas numa vitrine mais popular a ambientação pode ser feita em cores neutras e os itens de destaque estarem na cor vermelha.

O laranja é a cor da sociabilidade e do dinamismo. Esta cor tem sido usada com frequencia desde os anos 1960 para mostrar prosperidade econômica.

Já o verde é a cor do crescimento e da maturidade. É claro que a ligação com elementos da natureza é imediata. E, como a natureza é o ser mais antigo na Terra, esta relação é feita automaticamente pelo cérebro.

O azul é a cor da calma e da ordem. Expressa uma atitude conservadora e séria.

O violeta remete à realiza, à magia e ao sonho. É a cor perfeita para criar ambientações ligadas ao mistério (o bem, o mal, a magia, a morte).

O rosa remete-nos ao romantismo e à ultra-feminilidade.

O preto representa o clássico e o conservadorismo. Já o branco geralmente representa a modernidade e a pureza.

Nunca é demais parar por alguns instantes durante a semana e fazer um planejamento acerca da performance que sua loja terá pelos próximos dias. O planejamento da vitrine pode – e deve – estar incluído na pauta, bem como o planejamento de outros elementos. Nós, do site Osasco Fashion, podemos ajudar sempre!

Obs: Este posto faz parte de nosso conteúdo RESTRITO, que só pode ser acessado por assinantes do site. Deixamos este conteúdo aberto para que você pudesse conhecer este serviço exclusivo do site Osasco Fashion. Quer conhecer outros artigos parecidos? Clique AQUI!

Deixe uma resposta