A participação de Oskar Metsavaht no exercício criativo do filme Soundtrack foi o ponto de partida para a construção do Inverno 17 da Osklen. A inspiração não veio do filme em si, mas do próprio conceito e do roteiro em evolução, que foram criando um imaginário bastante rico enquanto os autores e diretores preparavam suas equipes de filmagem (cenógrafos, fotógrafos, figurinistas e artistas). Oskar e sua equipe de design desenvolviam paralelamente sua proposta para a temporada, tanto o filme quanto a coleção surgiram ao mesmo tempo.
As referências visuais – colhidas em uma viagem à Islândia -, somadas às leituras do roteiro, foram se desenrolando nos elementos de cor, formas e texturas da coleção.

Trama
O filme retrata um artista que parte para uma temporada em uma estação científica de pesquisa na Antártida em busca de um novo significado para sua arte.
Metaforicamente, essa mesma atmosfera marcou o princípio do processo criativo de Oskar Metsavaht. Preparando-se para uma expedição científica nos Andes no final dos anos 80, o diretor criativo da Osklen desenvolveu sua primeira peça, um casaco utilitário de neve. Atuando como ortopedista na época, seu conhecimento em anatomia e ergonomia, aliado às suas habilidades artísticas, já indicavam o caminho futuro da Osklen.
A ciência, a arte e a natureza presentes no roteiro do filme estabelecem uma sinergia com o início da história da marca e de Oskar Metsavaht como artista.

Cartela de cor: off white, rosa claro, azul claro, cinza mescla, preto, areia, café, amarelo, laranja e azul royal.
Estampas: Daybreak, Interference, Script, Frost
Matéria-prima: tricoline, sarja, veludo, georgette de seda pura, tricot de rayon, cashmere e os e-fabrics – tricot de alpaca, tyvek, moletom pet e pirarucu
Silhueta: looks compostos por sobreposições que contrastam formas fluidas e estruturadas. Destaque para os moletons, parkas e anoraks oversized.

Ficha técnica
DIREÇÃO CRIATIVA OSKAR METSAVAHT
DIREÇÃO DE MODA JULIANA SUASSUNA
FASHION MARKETING NELSON CAMARGO
STYLING PEDRO SALES
BELEZA AMANDA SCHON
TRILHA GOMUS

Deixe uma resposta