Como aumentar as vendas de Natal?

0
884

Segundo a empresa de pesquisa Hibou e a Onestart, com a diminuição na intenção das compras, os lojistas têm um grande desafio pela frente. Confira aqui dicas para enfrentar este desafio e aumentar as vendas neste Natal sem investir muito.

[groups_member group=”Assinatura”]
Apesar da grande retração da economia e a baixa confiança do consumidor, o Natal é a data mais lucrativa do ano para todos os comerciantes e empresários do mundo todo. No entanto, com a diminuição na intenção de compra, os lojistas nesse final de ano terão que se empenhar mais para se destacarem da concorrência e conquistarem os consumidores. Pensando nisso, a Hibou, empresa de pesquisa e monitoramento de mercado em parceria com a Onestart Consultoria, elaborou ‘top 10’ com dicas para atrair mais os consumidores e aumentar o número de vendas neste final de ano.

  1. Estratégia de marketing e vendas: Um profissional neste momento pode fazer a diferença, ele conhece o consumidor além da sua área de atuação e está sempre atento as melhores oportunidades. Esse olhar visa desenvolver e divulgar as ofertas dessa ocasião festiva nos canais corretos, alinhado a uma análise estratégica sob o ponto de vista do consumidor, poderá fazer toda a diferença. Pense com esse Knowhow e veja isso como investimento.
  2. Pré-vendas Natalinas: Nesse ano, o bom consumidor se planejará para as compras natalinas na tentativa de garantir melhores preços. A valorização da comunicação no PDV com antecedência é uma maneira de lembra-lo de que a data está próxima e atrai-los para a loja. Prepare sua loja agora no começo de Novembro e tenha como exemplo os supermercados, que já estão vendendo panetones desde outubro, isso é uma estratégia de marketing.
  3. A compra começa fora do PDV! A grande maioria dos consumidores passam na frente das lojas e nem se dão conta de onde estão. Gere curiosidade através da decoração na fachada ou vitrines, não precisa exagerar e sim ser criativo – pequenos detalhes para atrair o cliente para dentro, nem que seja para olhar, o importante é que o canal de comunicação seja aberto e este consumidor “acorde” para o desejo de uma necessidade. Daí acontece a venda, por impulso ou necessidade.
  4. Detalhes fazem diferença! – Atenção para todos os detalhes do PDV, cheque itens como iluminação, acesso e pintura. Atenção para deixar a vitrine atrativa e o e-commerce atualizado com as promoções. Sacolas personalizadas, papel de embalagem temáticos, percepção sonora dentro da loja, tudo é válido para encantar o consumidor e driblar a concorrência. Estes detalhes fazem toda a diferença na hora de atrair novos clientes. E se isso for planejado com antecedência para o PDV natalino, a chance de sucesso é maior com um custo mais acessível.
  5. Campanha Natalina: Ao desenvolver uma ação de marketing para o Natal, é muito importante explorar as oportunidades do próprio negócio para vender mais e melhor, como inserir o tema de natal na comunicação da marca, o que deixará seu negócio mais conhecido pela ocasião de “boas festas”. Ações fora do ponto de venda podem alavancar as vendas. Redes sociais, e-mail marketing, mídias segmentadas, disparos de SMS e outras formas de contato com clientes já cadastrados, podem levá-los até sua loja. Vale investir nesses canais com parcimonia, mas é fundamental que todos os canais tenham a mesma mensagem, como por exemplo as promoções sobre os produtos, e levar mesma experiência da loja física, além de entregar ao cliente o que ele espera.
  6. Organize o Estoque: Comprar em maior quantidade para o abastecimento é importante, mas com organização e planejamento logístico, pois a loja estará cheia e ainda precisa manter um bom atendimento. Isso reflete na demora em atender os clientes, o que pode ser desperdiçado por um estoque mal organizado. Um estoque organizado por características de público ou perfil de consumo pode ajudar a identificar com mais rapidez os presentes e gerar um melhor atendimento.
  7. Faça ações promocionais: Vale compras de Natal é sempre uma boa pedida, pois significa alguma vantagem na hora da compra, que pode ser tanto desconto real ou programa de pontos. Criar kits promocionais é prático, ajuda clientes indecisos e pode ser um diferencial na sua loja, oferecem uma margem de lucro melhor por se tratarem de vários itens e a mercadoria parada pode sair também através dessa venda casada – “combo” – em uma promoção.
  8. Equipe: Uma equipe bem preparada, treinada e incentivada fará toda a diferença. É preciso contratar mais funcionários com antecedência, para ter tempo hábil de treiná-los em atender bem. Isso envolve um planejamento com reuniões de alinhamento das instruções sobre os conceitos da loja, metas e comissões diferenciadas, treinamento de perfil de público e adequação de linguagem no atendimento. Atenção no visual dos funcionários. Pronto! Isso é profissional engajado e a loja vende mais. Todos ganham.
  9. Foco, menos é mais: O Natal é uma boa oportunidade para vender mais, mas não compensa sair da sua área de conhecimento do seu cliente, produtos e serviços que você não domina a venda podem prejudicar sua venda tradicional e gerar rejeição a sua marca. Quer inovar com algum produto ou serviço tenha sua equipe bem treinada para atender e pequenas fichas com detalhes técnicos caso seja preciso para que a venda seja transparente e segura para o consumidor. Fidelização vem da entrega consciente, acredite.
  10. O atendimento ao cliente ainda é a melhor propaganda que existe! Nossa última dica de como vender mais no natal é um foco especial no atendimento ao cliente. Um cliente satisfeito e bem atendido volta e recomenda. Isso, claro, deve se fazer presente juntamente em todas as etapas anteriores, e daí o resultado vem. Boas compras e boas festas!

[/groups_member]

O conteúdo aberto só pode ser lido até aqui. A matéria completa é direcionada aos assinantes do site Osasco Fashion. Para efetuar assinatura, clique AQUI

Se você é assinante, faça login noa barra lateral aqui ao lado ——>

Deixe uma resposta